8.2.15

Benefícios da Masturbação Feminina




De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde Sexual e Comportamento da Universidade de Indiana, apenas 7,9 por cento das mulheres entre as idades de 25 e 29 anos, se masturbam de duas a três vezes por semana, enquanto que 23,4 % por cento dos homens se masturbam regulamente. Este fato se deve principalmente porque desde cedo os homens são estimulados a serem sexualmente ativos. 

Os pais sempre têm aquela conversa sobre sexo com o garoto, e a masturbação é sempre levada de maneira normal e até mesmo comprobatória sobre a virilidade masculina de acordo com a lógica machista em que vivemos. Porém, quando se trata de meninas, o assunto é um verdadeiro tabu, somos ensinadas desde a infância de que devemos nos guardar, que sexo é coisa de garotos ou meninas que “não se dão ao respeito”, e quando se trata de masturbação, parece que ela é inexistente no mundo feminino, dar-se prazer está sempre relacionado a algo sujo, promíscuo, a ponto de muitas garotas se sentirem culpadas após se tocarem de maneira prazerosa e sexual.

Se desvencilhar dessa imagem negativa da masturbação feminina é extremamente necessário, afinal de contas ela oferece uma série de benefícios à saúde e bem estar da mulher, sem contar no quão libertador é dar prazer a si mesma. 
Então diminua as luzes e relaxe, porque é hora de dar um belo orgasmo a si mesma, sem medo de ser feliz. Selecionamos algumas ótimas razões para que assim que você termine de ler este texto se jogue na siririca.

1# Autoconhecimento

Com a masturbação, a mulher explora seus limites, conhece seu corpo e descobre o que lhe dá prazer. Assim, ela (mulher) se torna muito mais segura para saber o que quer e o que não quer na cama.
Se enxergarmos a possibilidade de tocar e explorar os nossos pontos de prazer como um tabu é possível que demoremos muito mais a descobrir como gostamos que nos toquem.

2# Musculação pélvica

 A masturbação ajuda a exercitar músculos pélvicos, através das contrações que ocorrem durante o orgasmo, tonificando a área, o que evita que a musculatura ceda tornando-se flácida causando incontinência.

3# Faz bem para sua saúde

A masturbação também melhora o funcionamento do sistema imunológico aumentando os níveis de cortisol, que pode regular o funcionamento do sistema imunológico em pequenas doses. E também reduz a depressão ao aumentar a quantidade de endorfinas na corrente sanguínea, ajuda a prevenir infecções cervicais e urinárias, por meio do processo de abertura do colo do útero, que ocorre na excitação. Esse processo permite a circulação de fluidos, permitindo que fluidos cervicais ricos em bactérias sejam “lavados”.

5# Reduz a insônia

Masturbar-se antes de dormir faz com que liberemos a tensão de um dia estressante no trabalho, além de liberar hormônios que te deixarão relaxada e pronta para dormir.

6# Melhora o humor

O orgasmo ajuda-nos a libertar endorfinas e ocitocinas que melhoram o nosso humor.

7# Liberta as fantasias sexuais

A masturbação permite que nos libertemos dos preconceitos e tabus, liberando fantasias que lhe excitem. Isto possibilita mais experiências com a sua parceira.

8# Acaba com a tensão menstrual

É uma ótima maneira de liberar a tensão sexual. Se você optou por não ter relações sexuais ou simplesmente está passando por um período de seca, a masturbação é uma ótima maneira de satisfazer a sua libido.

9# Alivia dores

A masturbação pode aliviar dores no corpo e dor menstrual. Se você tiver uma contração uterina enquanto se masturba, isso pode ajudar o sangue menstrual sair mais rápido, aliviando as terríveis cólicas menstruais.Não há contra indicação de se masturbar enquanto se está menstruada!

10# Funciona perfeitamente à duas

É extremamente excitante quando a parceira usa a masturbação para ‘provocar’ em um voyerismo ou mesmo auxiliá-la quando vocês estão praticando sexo com penetração. Por isso, incentive-a a se masturbar também e colha os benefícios da prática.


Avalie este artigo


Postar um comentário

Atenção: Você não precisa realizar login para comentar, basta escolher a opção anônimo em ''comentar como''.