6.2.15

Cuidando da Pixeu

Independente do nome que cada uma dê à sua; Quase que todas as mulheres, se não todas, já tiveram algum incomodo vaginal. As coceiras são as mais comuns dentre os incômodos que atinge à mulher.



É muito difícil se proteger contra fungos e bactérias nessa região devido à própria flora que existe na vagina, que segundo ginecologistas, serve exatamente para proteger o local contra possíveis ameaças. O problema acontece quando entra algum fungo ou bactéria que não é ‘’da casa’’ causando coceiras e inflamações que causam dor ate na ora de urinar.


O desencadeamento da coceira pode se da por diversos motivos, dentre os quais cita-se: 

 Excesso de lavagem na região vaginal: (quando se lava muito se tira a proteção que existe justamente para combater possíveis ameaças deixando a ‘’entrada’’ sem nenhum guarda);

Mal acondicionamento da peça intima

Deixar a calcinha junto com outras peças que não sejam ‘’intimas’’ pode fazer com que as mesmas se sujem, mesmo que as outras peças estejam limpas (pois o fato de lavar a roupa não significa que ela esteja isenta das bactérias trazidas consigo após uma longa caminhada na rua);

Usar calças Jeans

Bom, como muitas sabem, a calça jeans causa um super aquecimento na parte intima o que pode ate mesmo ‘’matar’’ algumas de nossas protetoras da região vaginal;


Uso de banheiros públicos sem o devido cuidado

 Muitas garotas que visitam banheiros públicos não tomam o cuidado de saber a ‘’procedência’’ do papel higiênico ou se atentar a saber do seu acondicionamento (repare, por exemplo, se o rolo de papel higiênico encontra-se logo acima da lixeira de papeis usados). Tais fatores externos contribuem para que diversos microrganismos ‘’adentrem’’ na região vaginal causando grandes estragos;


 Masturbação sem a devida higienização das mãos

Talvez esse tópico cause o ‘’OooOoo’’ mas de fato, a má higienização das mãos em tais momentos pode provocar ate mesmo candidíase (infecção vaginal). Isso não significa que você e sua namorada não possam, mas, desfrutar de tais momentos, indica, somente, que vocês devem ter um maior cuidado em prol do amor...Afinal, ambas devem estar bem para viver por muitos e muitos anos, momentos como este. 


 E  o que devo fazer se eu sentir...

 Devido à restrições legais e também por não ser médica não posso receitar ou passar nomes de remédios, apenas alertar para as prevenções. Caso algum dia vocês possuam tais irritações mesmo seguindo as prevenções aconselho a procurar um ginecologista (profissional da medicina que estuda a fisiologia e as patologias do aparelho reprodutor feminino durante o período em que a mulher não estiver grávida).  


Avalie este artigo


Postar um comentário

Atenção: Você não precisa realizar login para comentar, basta escolher a opção anônimo em ''comentar como''.