7.7.15

Abby Wambach beija esposa ao final da Copa Mundial de Futebol Feminino

beijo de Abby Wambach


Aos 35 anos, uma das melhores jogadoras da história do futebol feminino, Abby Wambach, se tornou campeão mundial com a seleção dos Estados Unidos, ao derrotar a seleção japonesa por 5x2, em Vancouver, Canadá, e protagonizar duas das melhores cenas do mundial.

Wambach é uma das principais vozes contrárias à Fifa entre as defensoras do futebol feminino. Acusou a entidade de preconceito contra as mulheres por adotar a grama sintética em todos os campos que receberam a Copa no Canadá.

Após ter seus apelos ignorados, ela deu o troco após o super jogo contra o Japão. Antes de erguer a taça, ela se negou a apertar a mão do representante da Fifa Issa Hayatou,dando-lhe o troco de maneira espetacular.

Antes disso, foi às arquibancadas do estádio de Vancouver para beijar sua esposa, Sarah Huffman, com quem é casada desde 2012. O beijo foi simbólico pelo momento histórico que vive os Estados Unidos, que há uma semana, o país passou a reconhecer como legal o casamento de pessoas do mesmo sexo. Veja o vídeo.


“Estou tão feliz que não sei nem lhe dizer. Vendo minha família nas arquibancadas, isto é para eles. Eu juro, penso que isso é surreal, nem imagino que isso está acontecendo na vida real”, declarou Wambach, que deixa a seleção dos Estados Unidos como a maior artilheira da sua história e como melhor jogadora do mundo eleita em 2012. 




Avalie este artigo


Postar um comentário

Atenção: Você não precisa realizar login para comentar, basta escolher a opção anônimo em ''comentar como''.