2.10.15

Sete Filmes que você não pode deixar de assistir na nona edição do FOR RAINBOW

Outubro começou bem colorido e cheio de eventos voltado para o público LGBT por todo o país, um deles é a nona edição do FOR RAINBOW – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual, um dos mais importantes espaços de debate e difusão do respeito à pluralidade sexual e de gênero no Brasil, realizado em Fortaleza entre os dias 01 e 08 de outubro, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

FOR RAINBOW

Esta edição esta ocorrendo no Ceará, justamente pelo fato do estado possuir um histórico de práticas discriminatórias e de violência contra as populações LGBT. O FOR RAINBOW busca interferir nessa realidade incentivando uma cultura de paz e celebrando a diversidade humana. 

É claro que  DoMiNiO PeSsOaL não podia perder a oportunidade de montar uma lista com sugestões de longas e curtas metragens que contam histórias de amor lésbico na telona do festival.

Se liga na seleção, anota tudinho e corre pro FOR RAINBOW, que além de filmes terá oficinas de realização audiovisual e apresentações de teatro, dança e música, entre outras atividades totalmente gratuitas.

1 MÊS E 2 DIAS (CURTA METRAGEM ESTRANGEIRO)

Eu me apaixonei novamente. Mergulho nessas sensações. Momentos capturados do meu futuro por 1 mês e 2 dias.



CHANSON D'AMOUR (CURTA METRAGEM BRASILEIRO)

Luiza se apaixona por Clara, a guitarrista da sua nova banda e compõe uma canção de amor, mas é perseguida pelo ex-namorado de Clara.


ENQUANTO VOCÊ NÃO VIA (LONGA METRAGEM ESTRANGEIRO)

A África do Sul liderou o mundo com a sua Constituição, com a concessão sem precedentes de liberdades e direitos homossexuais. Este filme, lança um olhar sobre a África do Sul através das vidas e experiências de uma família na Cidade do Cabo. Dez e Terri, um casal lésbico mestiço casado há 20 anos são as mães adotivas de Asanda, de 18 anos, a garota-propaganda para a diversidade da África do Sul, mas que se descreve como "um experimento". Ela conhece Shado, morador de Khayalitsha, um município na orla da Cidade do Cabo, e uma imagem diferente da África do Sul nasce.


AMOR SUSPENSO (CURTA METRAGEM BRASILEIRO)

Sobre sentimentos repreendidos, suspiros interrompidos... O amor entre duas mulheres talvez não resista. Um quarto pode ser um espaço enorme quando se está sozinha.


SAUDADE DE ANDREA (EXIBIÇÃO ESPECIAL)

A poesia do cotidiano de duas mulheres. A saudade, a alegria e a nostalgia de um amor.


NÓS DUAS DESCENDO A ESCADA (LONGA METRAGEM BRASILEIRO)

Elas são bem diferentes. Adri acabou a faculdade de artes, mas vive naquele limbo posterior à formatura, perdida entre a terapia, um bico numa livraria e as conversas com seu único amigo. Mona é uma arquiteta sem neurose, com planos, dinheiro e uma turma cheia de parcerias. Então, na escada de um prédio comercial de Porto Alegre, as duas se conhecem por acaso. Uma paixão, com a cidade de fundo e o vento soprando os dias. Entre a primavera e o inverno, entre o céu azul e o algodão das nuvens, elas redescobrem que a intimidade tem seus encantos. Nove meses, nove escadas e nove estações do amor.


FLORES RARAS (LONGA METRAGEM BRASILEIRO)

1951, Nova York. Elizabeth Bishop (Miranda Otto) é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell (Treat Williams). Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary (Tracy Middendorf), que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires). A princípio Elizabeth e Lota não se dão bem, mas logo se apaixonam uma pela outra. É o início de um romance acompanhado bem de perto por Mary, já que ela aceita a proposta de Lota para que adotem uma filha.



Avalie este artigo


Postar um comentário

Atenção: Você não precisa realizar login para comentar, basta escolher a opção anônimo em ''comentar como''.