4.11.15

Kristen Stewart e Chloë Seviny juntas em filme que contará a história da suposta assassina americana Lizzie Borden

Kristen Stewart e Chloë Seviny irão protagonizar drama psicológico que irá contar a história de Lizzie Borden, uma das figuras mais tradicionais do folclore americano. 


No projeto do diretor Pieter Van Hees, o filme terá Sevigny no papel da personagem principal, Lizzie Borden, acusada de duplo homicídio quando encontrou seu pai, Andrew J. Borden, e sua madrasta, Abby Borden, mortos em sua casa com pancadas brutais, no dia 4 de agosto de 1892,enquanto a crush Stewart viverá Sullivan, a empregada da família Borden que vivia na mansão junto com eles.

O caso de Lizzie Borden faz parte da cultura popular dos Estados Unidos, sendo super famoso por lá. No dia do crime, Lizzie encontrou o corpo de seu pai no sofá enquanto Sullivan estava limpando as janelas. Segundo testemunhas, a garota pediu para chamar um médico e gritava que alguém havia entrado na casa e assassinado seu pai. Pouco depois, o corpo da madrasta foi encontrado no segundo andar da residência. A perícia apurou que os dois foram assassinados brutalmente com golpes de uma arma pesada e afiada, e após a polícia encontrar um machado no porão da casa, foi presumido que esta seria a arma do crime, e Lizzie foi julgada e posteriormente absolvida.

Várias teorias que rondam a história colocam Lizzie como a assassina que matou o pai e a madrasta a machadadas, uma delas inclusive, afirmam que Lizzie e Sullivan tinham um caso amoroso, que havia sido descoberto por Abby.

Para as fãs de um bom thriller psicológico envolto a muita tensão lésbica, este filme pode ser uma oportunidade para saciar seus “gostos peculiares”, já que ele irá explorar os eventos que antecederam os crimes, e deve focar na relação da família com a empregada. Sem contar no fato de contar com a presença da talentosíssima Chloë Seviny como protagonista, uma atriz que já mostrou ser muito boa no que faz em suas interpretações em American Horror Story e Bloodline.


Avalie este artigo


Postar um comentário

Atenção: Você não precisa realizar login para comentar, basta escolher a opção anônimo em ''comentar como''.