22.1.16

4 Livros que toda lésbica precisa ler em 2016

Confira a lista de quatro ótimos livros para ler neste ano.

No inicio deste ano o DoMiNiO PeSsOaL lançou o Desafio Literário #leiamulheres, no intuito de promover e estimular a leitura daquelas que são invisibilizadas no mundo da literatura. O desafio contém instruções para que neste ano dediquemos nosso precioso tempo de aprendizado e diversão literária lendo mulheres, negras, feministas, marginalizadas, lésbicas, e todas aquelas que se encontram a margem da sociedade, pois sabemos que a literatura pode brotar em qualquer lugar, mas precisamos fazer nossa parte enquanto leitoras para que ela de frutos.
E pensando nestes frutos é que montamos a lista de hoje com 5 livros que toda lésbica precisa ler em 2016,e de quebra lhe ajudar a cumprir boa parte do Desafio Leia Mulheres 2016.
Confira:
O Suave Tom de Abismo - Diedra Roiz
Diedra Roiz é uma das mais queridas escritoras no mundo lésbico, e em seu mais novo lançamento “O Suave Tom do Abismo” é ambientado em um mundo fictício em que a ausência de luz é cotidiana, e conta a história de Alex, uma mulher que tem todas as suas tentativas de espantar os fantasmas do passado frustradas. Quando Alex se vê obrigada a abrigar uma desconhecida na casa dos tios, todas as suas lembranças vêm à tona.
A história é de tirar o fôlego a cada nova descoberta, revelada claramente ou escondida nas entrelinhas. Cada nova conexão faz ficar mais difícil ainda parar de ler. Além da novidade da ficção, Diedra nos apresenta sua primeira trilogia.
Quanto mistério, não é mesmo? Se você ficou com gostinho de quero mais saiba que pode ler o primeiro capítulo AQUI.
O segundo livro dessa trilogia já está saindo do forno e você pode acompanhar tudo pelo site da Editora Vira Lata.

Carol - Patricia Highsmith
O livro de Patricia Highsmith foi fonte de inspiração para o premiado filme Carol, que está concorrendo a 6 categorias no Oscar 2016,além de ter recebido vários prêmios durante o ano passado. Só por este motivo já vale a leitura não é mesmo?
Em plenos anos 50, a escritora Patricia Highsmith lançou Carol – primeiro romance que aborda uma relação amorosa entre mulheres com um final feliz. O polêmico livro foi publicado na época como The Price of Salt, sob o pseudônimo de Claire Morgan.
Depois da publicação de Carol, Highsmith conta que recebia de dez a quinze cartas por semana (endereçadas a Claire Morgan) comentando a história, agradecendo à escritora ou mesmo pedindo conselhos. Para a autora, a razão do sucesso era a seguinte: “Antes deste livro, os homossexuais, masculinos e femininos, nos romances americanos, eram obrigados a pagar pelo seu desvio cortando os pulsos, se afogando em piscinas, ou mudando para a heterossexualidade (assim se afirmava) ou mergulhando – sozinhos, sofrendo, rejeitados – em uma depressão dos infernos.”
Apesar de ter sido escrito há tantas décadas atrás o livro assim como o filme continua atual. Carol foi um divisor de águas em 1950, e com certeza irá mexer com você.
Você pode adquirir essa magnífica obra no site da L&PM Pocket

Decifrável - Susan Godinho
"O limite deixou de ser restrição
É condição para Amar
Passa por dentro de mim e se conecta a você
Não é preciso nos tocar
Basta nos olharmos
Um breve toque e permaneço extasiada!
Palavras não descrevem o quanto tenho quisto
Te necessitado, o quanto te procurei."
Acima, um trecho de um dos poemas da jovem escritora Susan Godinho que lançou seu primeiro livro intitulado Decifrável em 2015, que reúne prazeres poéticos em forma de versos. Inclusive ela nos cedeu uma entrevista exclusiva pouco antes do lançamento do livro, lembram-se?
Cada verso nos faz mergulhar em um mar de sensualidade poética. Uma obra intimista que se desdobra em uma trajetória de corpo, alma e coração. Decifrável é um convite ao amor e todas as suas consequências.

Sob as Luzes lá Fora - Mari Veiga
Mari Veiga é uma das integrantes do Grupo HPM, que se dedica a criar histórias sobre e para mulheres que amam mulheres, e em 2015 lançou o livro Sob as Luzes lá Fora, que narra à trajetória da atriz renomada Bruna Levitt, uma jovem de coração vazio, que desviou de tudo e todas em busca da fama, mas que acaba sendo surpreendida por fortes sentimentos que sempre encontram uma forma de voltar e recuperar o tempo perdido.
Sob as Luzes lá Fora, é um romance de tirar o fôlego, e por este motivo não poderia estar fora desta lista.
Gostou da nossa listinha? Já leu algum deles, ou tem algum outro título para nos indicar? Conte-nos por aqui!


Avalie este artigo


11 comentários :

  1. oi! primeira vez que vi o site e tô muito impressionada :) parabéns pelo trabalho, sei que é muito difícil manter um blog.
    gostaria de saber se alguma dessas autoras que você mencionou é negra, estou buscando criação de mulheres lésbicas negras.

    obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um livro que amei de paixão e vício mesmo, de uma autora negra e nigeriana (não lésbica, mas sim feminista): Chimamanda Ngozie Adichie. E o que eu li foi "Hibisco Roxo", mas já vi que todos os outros livros dela são com temas e o universo feminista. Tem até um chamado "Sejamos Todas Feministas".

      Abraço!

      Excluir
    2. Tenho um livro que amei de paixão e vício mesmo, de uma autora negra e nigeriana (não lésbica, mas sim feminista): Chimamanda Ngozie Adichie. E o que eu li foi "Hibisco Roxo", mas já vi que todos os outros livros dela são com temas e o universo feminista. Tem até um chamado "Sejamos Todas Feministas".

      Abraço!

      Excluir
  2. Ei Nênis,que bom que gostou do site. Ficamos super felizes em ver que nosso objetivo de criar um espaço tão diverso quanto nossas leitoras vem dado certo.
    As autoras citadas não são negras,mas estamos preparando outro artigo exclusivo sobre elas,então se tiver alguma indicação será muito bem vinda.
    Recentemente fizemos um texto sobre cantoras negras e lésbicas,acredito que você irá gostar também.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Boas opções!
    Eu indico Reconstruindo Amélia e Os dois mundos de Astrid Jones, ambos do gênero YA, e Todos nós adorávamos caubóis (2013), que é uma road novel nacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas indicações. A gente adora quando vocês indicam boas leituras!

      Excluir
  4. Tenho mais dois a indicar!
    Um é do japonês Haruki Murakami; "Minha Querida Sputnik". Uma história de amor que envolve mistério também, e as paisagens do Japão, e da Grécia.
    O outro da brasileira e gaúcha Angélica Freitas, "Um útero é do Tamanho de um Punho", de poemas.

    Ah, está na minha lista comprar 'Carol', adorei o filme, e essa autora Patricia Highsmith publicou seu primeiro livro, Strangers on a Train, em 1950 (um ano depois, a história ganhou uma adaptação cinematográfica pelo mestre do mistério, Alfred Hitchcock.

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei muito de ter lido "A Paixão da Nova Eva", de Angela Carter. Entretanto, não sei se ele pode ser considerado um livro com temática lésbica 100%. Depois de largar a namorada grávida na porta de um hospital, onde ela perde o bebê e fica sabendo que nunca mais poderá ter outros filhos, o personagem principal do livro é castrado. Na verdade, ele é transformado em uma mulher (com vagina). Também fazem uma "psico-cirirgia" nele, onde ele passa a pensar com a mente de uma mulher. Depois de fugir, a nova Eva acaba sendo feita prisioneira por um sujeito que eu esqueci o nome agora. Mais adiante, ela irá encontrar pessoalmente uma atriz mais velha por quem ela/ele era apaixonado quando era criança. Eva se apaixona por ela. Essa atriz era famosa por ser muito bonita na juventude. Entretanto, em dado momento descobre-se a atriz é na verdade um homem (tem pênis). O romance das duas (ou seria "dos dois?") é muito emocionante. Meio difícil de explicar esse livro, mas a leitura flui bem, eu gostei.

    ResponderExcluir
  6. Só a nível de curiosidade, o livro "Nêmesis", de Ágatha Cristie, revela um relacionamento lésbico no final da trama.

    ResponderExcluir
  7. Pra quem conhece a Marion Zimmer Bradley, autora de As Brumas de Avalon, ela tem um livro chamado A casa de Thendara, da série Darkover que é muito bom.

    ResponderExcluir
  8. Adorei as dicas e vou organizar minha lista!
    Venho acompanhando o trabalho de uma escritora nacional nova. Apesar disso ela está no volume 3 de uma série intitulada As Amazonas Das Montanhas , Marih Macar. São aventuras e romance no mundo fictício das guerreiras amazonas. Paixões e batalhas no universo destas maravilhosas mulheres. Dá a impressão de que elas existem mesmo.
    Também há o livro A Tal Senhora Marjorie, um romance policial.Uma misteriosa mulher contrata uma jovem para cuidar dela, pois se encontrava em cadeira de rodas . Bianca, não imaginava como sua vida mudaria desde o primeiro dia em que pôs os pés naquela casa. Mistério, crime, mentiras e paixão envolvente até o final!
    Fica aí a dica
    ! Valorizar nossos escritores!
    Abraço,
    Leila

    ResponderExcluir

Atenção: Você não precisa realizar login para comentar, basta escolher a opção anônimo em ''comentar como''.