2.2.16

Tatuagens para combater assédio e preconceito no carnaval

As brasilienses Gabriela Alves, Luciana Lobato e Carolina Ferrare integram a Conspiração Libertina, marca que transforma em arte a luta diária contra o machismo e homofobia, e que neste Carnaval irá espalhar militância pelas ruas através de tatuagens temporárias e um spray d’água.

Com ilustrações poderosas e tão estilosas quanto às tatuagens reais, as designers pretendem através do projeto intitulado “ativismo que cola”, estampar neste carnaval no corpo de mulheres e meninas um aviso claro: NÃO É NÃO!
“No Carnaval, as pessoas bebem e acham normal ficar puxando pelo braço, pelo cabelo, e não é. Álcool não é desculpa para tudo. E no momento em que você coloca uma tatuagem com mão (mostrando o dedo) falando que não é obrigada, de alguma forma, você está coibindo isso”, explica Carolina Ferrare.
As tatuagens da Conspiração Libertina trazem frases como “Meu corpo, minhas regras” e “Não é não”, além de algumas do movimento LGBT, ajudando a difundir mensagens de empoderamento. Elas funcionam como as “tatuagens de chiclete”: deve-se remover o plástico, colocar na o papel sobre a pele, molhar e dar uma leve esfregada na região.
Além das tatuagens que serão vendidas nesse carnaval a loja produz imãs, pôsteres, quadros e outras coisas bem legais, em prol do empoderamento feminino e combate ao machismo e homofobia. O empreendimento surgiu em setembro de 2015, quando as garotas procuravam um adesivo do símbolo feminista e não encontravam.
“Senti falta e pensei que outras pessoas pudessem sentir também, então resolvemos arriscar”, lembra Carolina.
O lançamento das tatuagens não poderia ser feito em melhor momento, visto que o carnaval é palco para inúmeras cenas de abuso e o abusador se acha no direito de assediar mulheres e sair impune.
Ou seja, é um período em que se posicionar pode ser questão de vida ou morte. As tatuagens ajudam a difundir mensagens de empoderamento”, pontua Carol.
Meninas que vão curtir o Carnaval em Brasília e encontrarem as minas da Conspiração Libertina não percam a oportunidade de estampar mensagens contra o assédio em formato de tatuagens, Outros produtos da marca podem ser encontrados AQUI.


Avalie este artigo


Postar um comentário

Atenção: Você não precisa realizar login para comentar, basta escolher a opção anônimo em ''comentar como''.