26.8.16

Escutatória

Este depoimento foi enviado por uma de nossas leitoras e faz parte da iniciativa do DoMiNiO PeSsOaL, em divulgar depoimentos e histórias durante o mês em que se comemora a Visibilidade Lésbica.

Para participar envie seu depoimento para admdominiopessoal@gmail.com

Uma criaturinha de 1,60 metros de altura, que se transforma naquilo que quer. Que tem dois metros de altura quando vai falar sério comigo, e eu fico quietinha, só pra escutar. Que me ensinou o que é a escutatória (de Rubem Alves) na prática, e a paciência que cada coisa tem pra ser o que é.

Tem o maior colo do mundo, onde ali é paz, esquecimento.

E uma risada que ilumina tudo, (eu faço qualquer coisa pra ver e ouvir isso!).

E que na verdade não precisa de mim por inteiro, e parece saber dessas coisas fundamentais, que eu só aprendi depois, com alguma luta. E esforço. A serenidade de não apressar, nem atropelar nada, sabida ela. E que me explica esse mesmo essencial que preciso ouvir, com uma calma assustadora, (e que às vezes me irrita, porque só aprendi com esforço, e nada, nada, vem nessa compreensão serena, pacífica).

E também não sei como concordar mais do que já concordo. Como ser melhor, e mais próxima de minhas discordâncias, é que me aproximo dela.

Se eu aprendo com ela, é da maneira mais delicada, simples, da simplicidade de todas as formas, e tamanhos, me transforma em alguém novo, em algo novo, insondável. Que nós entendemos e eu não saberia explicar em palavras.
Se alcanço o rastro, é de alguma beleza que não tem nome definido, e significados, vários.

E eu fico toda boba, ridícula de amor, de ver acontecer.

E o que quero, é ficar perto dela, e mais nada.

Soraia e Tamara veem celebrado o amor há cinco anos,e esta foi a maneira que Soraia escolheu para dizer mais uma vez que ama aquela que faz feliz todos os dias de sua vida.


Avalie este artigo


2 comentários :

  1. Que lindo! Isso, definitivamente, deve ser o que chamam de amor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente fica até emocionada com histórias assim...

      Excluir

Atenção: Você não precisa realizar login para comentar, basta escolher a opção anônimo em ''comentar como''.